Clique aqui para ir à página Inicial

"

 Contagem quer delegacia de proteção ao idoso

"Um abaixo-assinado com mais de mil assinaturas para pedir a instalação de uma delegacia de proteção ao idoso em Contagem foi entregue ao representante da Polícia Civil, Jeferson Botelho, durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A reunião foi realizada na tarde desta quarta-feira (14/12/11), em Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte), a requerimento do presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT), para discutir as políticas de proteção e garantias dos direitos dos idosos.

O presidente do Conselho Municipal do Idoso, Márcio Luiz Guglielmoni, lembrou que essa parcela da população sofre violência da própria família e que a entidade já recebeu denúncias de parentes que obrigam idosos a assumir empréstimos devido às taxas mais baixas ou se apropriam do dinheiro de aposentadorias.

A integrante do Grupo de Convivência Guerreiros da Terceira Idade, Zaíde Aguiar de Oliveira, reforçou a necessidade da delegacia no município e contou que em sua comunidade existem muitos idosos que sofrem violência física e psíquica.

O professor Cléber Jovino da Silva, do Centro Universitário UNA em Contagem, salientou que no Estado há apenas uma delegacia especializada no assunto, que fica em Belo Horizonte, e que a instalação em outros municípios é um mecanismo importante para a defesa da integridade dos idosos.

Representante da Polícia Civil vai encaminhar a reivindicação

O chefe do 2º Departamento da Polícia Civil, Jeferson Botelho, afirmou que vai encaminhar ao chefe da polícia, Jairo Lellis Filho, o pedido para instalação da delegacia para atender aos idosos. Jeferson comentou que os atos mais comuns contra os idosos são maus tratos, coação e lesão corporal. Ele informou que em novembro deste ano foram atendidos 37 casos de idosos vítimas de violência e em outubro, 41. Os dados de dezembro ainda não estão disponíveis.

Para o deputado Durval Ângelo, a criação do Estatuto do Idoso (Lei Federal 10.741), em 2003, permitiu reconhecimento e garantia dos direitos dessa parcela da população. Ele lembrou que os idosos estão se mobilizando e organizando para exigir o cumprimento da norma.

O deputado apresentou requerimento em que solicita o encaminhamento de notas taquigráficas da reunião ao chefe de Polícia Civil, para reforçar a instalação da delegacia. Segundo Durval, o posto será importante para incentivar os idosos a denunciar atos de violência e garantir sua defesa.

Na foto: Zaíde Aguiar Prata Oliveira (membro do Grupo de Convivência Guerreiros da Terceira Idade), Maurício Rangel de Souza (secretário municipal de Desenvolvimento Social de Contagem), Durval Ângelo (deputado estadual PT/MG), Telma Maria de Oliveira (secretária municipal de Saúde), Cléber Jovino da Silva (professor da Faculdade UNA Contagem)

Fotógrafo: Rossana Magri

Anterior | Índice de Páginas | Próxima
:: Painel